Prémios Áquila - Mr. Sunglasses

Prémios Áquila

É verdade, ontem decorreu a 2ª edição dos Prémios Áquila. Para quem ainda não conhece, é a primeira e atualmente a única premiação nacional que concilia Cinema e Televisão e cuja votação está nas mãos do público. A telenovela A Única Mulher e o filme Os Gatos Não Têm Vertigens foram os grandes vencedores desta edição dos Prémios Áquila. Fica abaixo com a lista completa dos vencedores nas respetivas categorias:

Prémios De Televisão

Categoria: Melhor Telenovela A Única Mulher – Plural Entertainment

Categoria: Melhor Ator Principal João Reis – Coração D’ouro

Categoria: Melhor Ator Secundário Paulo Pires – A Única Mulher

Categoria: Melhor Atriz Principal Alexandra Lencastre – A Única Mulher

Categoria: Melhor Atriz Secundária Mina Andala – A Única Mulher

Prémios De Cinema

Categoria: Melhor Filme Os Gatos Não Têm Vertigens – Mgn Filmes

Categoria: Melhor Ator Principal Miguel Guilherme – O Pátio Das Cantigas

Categoria: Melhor Ator Secundário José Pedro Vasconcelos – O Pátio Das Cantigas

Categoria: Melhor Atriz Principal Crista Alfaiate – As Mil E Uma Noites: Volume 1, O Inquieto

Categoria: Melhor Atriz Secundária Fernanda Serrano – Os Gatos Não Têm Vertigens

Categoria: Melhor Realizador António-Pedro Vasconcelos – Os Gatos Não Têm Vertigens

Categoria: Melhor Argumento Os Gatos Não Têm Vertigens – Tiago Santos

A organização atribuiu ainda três prémios especiais: o Prémio Condor para o ator João Jesus, que se revelou como ator em “Os gatos não têm vertigens”, o Prémio Fénix para o ator João Perry e o Prémio Excelsior para o projeto português Shortcutz, de divulgação de curtas-metragens.

Este ano, os Prémios Áquila homenagearam o ator Nuno Melo, nomeado na categoria de Melhor Ator Secundário de Cinema, com a presença da sua família.

A organização indica que “a votação deste ano superou todas as espectativas da 1ª edição”, considerando assim que “os Prémios Áquila afirmam-se no panorama artístico e audiovisual português como as distinções mais participadas”.

Até para o ano!

Comentários