Alergias e efeitos na saúde ocular - Mr. Sunglasses

Alergias e efeitos na saúde ocular

Quantas horas passamos em frente aos mais variados ecrãs? Televisão, computador, tablet ou smartphone. E quantas horas passamos em ambientes em que o ar condicionado e a luz artificial, se tornam desconfortáveis?
Dramatizar? Não. Devemos adaptar-nos às condições inerentes a um estilo de vida moderno, que também nos traz muitas facilidades e diversão, e essa adaptação faz-se cuidando da saúde dos nossos olhos. Existem cuidados que previnem e aliviam os sintomas desconfortáveis, como a secura, o ardor, a sensação de “areia nos olhos”, a vermelhidão, sintomas que afetam muitas pessoas todos os dias.

Quando a sensação é de cansaço ocular, a causa é normalmente a exposição prolongada a dispositivos digitais ou conduzir sem pausa por longos períodos, e os olhos apresentam-se avermelhados e doridos. Para prevenir, existem comportamentos que facilmente podemos adotar:
1. Diminuir a luminosidade e o brilho dos ecrãs;
2. Posicionar o écran do computador ligeiramente abaixo do nível dos olhos, e a pelo menos 30 cm de distância;
3. Fazer pausas quando utiliza um écran;
4. Fazer pausas quando conduz, principalmente durante a noite;
4. No exterior, utilizar sempre óculos de sol com lentes de qualidade;
Além destes pequenos gestos, existem colírios, em gotas ou spray, que aliviam estes sintomas e que protegem o olho do agravamento desses sintomas.

Quando a sensação é de olhos secos, desconfortáveis, com ardor, ou a chamada sensação “de areia nos olhos”, há outras medidas a tomar:
1. Pestanejar. No ato de pestanejar a pálpebra espalha a lágrima pela superfície do olho. Normalmente pestanejamos cerca de 18 vezes por minuto, mas quando estamos em frente a um écran o ritmo baixa para metade – 9 vezes por minuto. Lembre-se de contrariar esta tendência natural;
2. Diminua a intensidade do ar condicionado ou do aquecimento central, quando é possível, para humidificar o ar;
3. Medicamentos como antidepressivos, anti-histamínicos ou a pílula contracetiva provocam, tendencialmente, a secura do olho. Avalie a toma desses medicamentos junto de um profissional de saúde;
4. Utilize colírios lubrificantes.

Os colírios podem ser utilizados preventivamente, quando a sensação de olho seco é frequente, ou pontualmente, num momento de maior exacerbação dos sintomas. Estas soluções permitem aos utilizadores de lentes de contacto – que têm maior tendência a ter o olho seco – utilizar as suas lentes com maior conforto e durante mais tempo.

No período da primavera e do verão, os sintomas tendem a agravar-se devido às alergias, que também afetam os olhos. Comichão nos olhos, lacrimejo, olhos vermelhos e, por vezes, as pálpebras inchadas são alguns dos sintomas. A prevenção passa por evitar os agentes que provocam a alergia, como os pólenes, as poeiras e os ácaros. O alívio dos sintomas faz-se recorrendo a colírios. A aplicação de compressas de água fria tem também um efeito calmante. Caso os sintomas agravem ou persistam, consulte um profissional de saúde.

Artigo de opinião da farmacêutica Eunice Barata, adaptado.

Comentários